terça-feira, 17 de maio de 2011

Emprenhemos {nós}

Ando prenha de desejos insaciáveis
De cheiros inebriáveis
Ando prenha de saudade
Prenha de paisagens
Prenha de abraços apertados
De choros inconsoláveis
Ando prenha de palavras inventadas
Penha de memórias esquecidas, relembradas
Prenha de manhas adormecidas, acordadas
Prenha de um futuro promissor
Prenha de chuvas inesperadas, tempestivas
Ando prenha de uma fome que devora
Prenha do tempo que demora
Prenha de medos que apavoram, encorajam
 Prenha de uma vontade de ir embora
Prenha de dores que melhoram
Prenha de um mundo lá de fora
Prenha de uma grande felicidade
Ando prenha de corpo e alma
Prenha da minha metade
Prenha de um céu azulado
Prenha de risadas sugestivas
Prenha de janelas abertas e floridas
Prenha de imagens de fumaça
Prenha de sabores improváveis
Prenha de vidas juntas e separadas
Ando prenha de um dengo demorado
Prenha de olhinhos apertados
Prenha de cantinhos mágicos
De cabelos despenteados
Prenha de caminhos desconhecidos
Prenha de todo sentimento verdadeiro
Que cresce o tempo inteiro.
 E nascerá em todas as vidas.


Naiara Misa-10/05/2011- Onze meses de muito amor, para o meu amor Cícero.


Um comentário:

  1. Olá, passei aqui para te convidar para conhecer o meu blog...

    E claro, se vocês quiser seguir eu vou amar! hehe

    E com certeza sigo de volta!

    http://simararosado.blogspot.com/

    Te espero lá...

    BeeeeijO!

    ResponderExcluir